Branding

A IMPORTÂNCIA DO BRANDING

Vivemos em um mundo VUCA (Volatility, Uncertainty, Complexity and Ambiguity) onde, constantemente, vivenciamos mudanças de comportamento e hábitos das pessoas.

Buscar conexão e manter uma marca relevante neste senário metamorfósico é o papel do Branding e do Design Estratégico. Marcas precisam se movimentar, contar histórias e proporcionar alguma experiência para gerar valor e evolução para o negócio.

  • A marca existe (ela é)
  • A marca cria experiência (ela faz)
  • A marca se comunica (ela fala)

Com este framework estruturado, podemos gerenciar ações e guiar o planejamento estratégico da marca em busca de relevância, valor e evolução.

Barbearia Capita
icones-03

Percepção

Entender as características e personalidade da marca é o primeiro passo em busca de conexão com o público de interesse. Marca é o que as pessoas, percebem, pensam e falam sobre ela.

icones-01

Valor

O mercado é prospectado. O custo é calculado. O cliente é fidelizado, mas o valor é percebido. Entender os ativos da marca em busca de valor faz com que o negócio evolua e crie conexão ativa com as pessoas.

icones-02

Experiência

Não há experiência sem interação. Construir uma marca estrategicamente justifica a busca por uma percepção alinhada aos objetivos do negócio.

Estúdio Confessionário

A MARCA NÃO É

Sua marca não é o que você acha que ela é, sua marca é com certeza o que as pessoas pensam e falam sobre ela. Marcas são construídas para pessoas e portanto, precisam buscar conexão através de atributos humanos como personalidade e características arquetípicas.

OPORTUNIDADES

O branding e o design estratégico também buscam oportunidades através de ferramentas e estudos imersivos. O intuito é agregar ativos que mantenham a marca relevante e principalmente para que as pessoas passem a atribuir valor, proporcionando evolução ao negócio.

ORIENTAÇÃO

Branding e o design estratégico não são apenas resolvedores de problemas. O maior papel dessas disciplinas é sem dúvida o de guiar marcas e pessoas. De maneira visual, estratégica e organizada, uma marca com personalidade e propósito pode e deve guiar ações e estratégias do negócio.

O BRANDING E SUA
CONEXÃO EMOCIONAL

As marcas se relacionam com pessoas através de uma conexão emocional que chega a mudar a cultura de um povo, grupo ou tribo e de conquistar os corações das pessoas.

Podemos dizer que o principal instrumento desse relacionamento é o design estratégico (BRANDING), que surge a partir do momento em que uma conexão emocional é estabelecida na relação das marcas com pessoas.

O Branding estabelece um vínculo subjetivo com o público, que acaba desejando se relacionar loucamente com aquela marca que o conquistou. Todo esse movimento está ligado através da ramificação emocional que eclode desde nosso nascimento, crescimento, educação familiar e institucional. Essas conexões acontecem ao longo de nossas vidas e despertam inúmeros sentimentos e o mais incontrolável é o desejo. Desejo por uma pessoa, um produto, um serviço, um objeto ou uma marca.

Aprendemos inconscientemente, desde pequenos, que determinado produto, marca ou pessoa são bons e outros são ruins de acordo com a experiência de pessoas próximas, e esse gatilho cresce conosco até provarmos nós mesmos o que sabemos hoje.

Não tem como falar de construção de marca sem falar de conexão emocional, afinal, acreditamos que marcas tem vida, sentimentos, personalidade e são como pessoas que se conectam com outras pessoas.

Essa conexão é visceral e incontrolável a ponto de pessoas cometerem algumas loucuras para ter produtos ou serviços das marcas que elas passam a amar por causa da sua conexão.

FICOU COM
ALGUMA DÚVIDA?

CHAME
A GENTE.

Como podemos te ajudar hoje? Esse é o canal que você fala direto com a gente.

QUEM JÁ PASSOU PELA EXPERIÊNCIA COM A GENTE